sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Análises


Viajei, conheci, aprendi, fiz amigos, dei risada, sofri, chorei, senti saudade, me apeguei, vivi um grande amor; briguei, fiz as pazes, fiquei em dúvida, fiz pirraça, sorri, perdoei, abracei, brinquei, apostei, dancei, saí, fiquei bêbada, andei, descansei, li, cantei; tive medo, fiquei com o coração apertado, disfarcei, sofri, desesperei, berrei; fiz charme, conquistei, fui conquistada, beijei, comi, pulei, escrevi, toquei, quis morrer de amo; ouvi, falei, dei colo, precisei, passei noites em claro, escolhi, me arrependi, desencanei, joguei, perdi, ganhei, lutei mas o mais importante de tudo é que eu vivi.

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Só quem reflete sobre sua vida pode entendê-la verdadeiramente...

"Tenho a impressão de que se a gente coloca a música (e livros, provavelmente, e filmes e peças e qualquer coisa que faça você sentir) no centro da nossa existência, então não dá pra organizar a vida amorosa, não dá para começar a pensar nela como um produto acabado. Você tem que mexer com ela, mantê-la viva e tumultuada, mexer com ela e dentro dela, até que ela se desmancha e você se vê compelido a começar tudo de novo. Talvez todos nós vivamos a vida num ritmo rápido demais, aqueles de nós que absorvem coisas emocionais o dia todo, e como consequência nunca conseguimos nos sentir meramente contentes: temos que estar ou infelizes ou em êxtase, desvairadamente felizes, e estes estados são difíceis de atingir dentro de um relacionamento estável e sólido."

(Alta fidelidade - Nick Hornby)

sábado, 21 de novembro de 2009

Qualquer coisa assim sobre...

"Era como estar num abismo, caindo, caindo
Querendo voltar, tentando sentir
Algo não estava certo

Não conseguia mais sentir você
Só a escuridão inundava meus sentimentos
E eles eram vázios como as folhas secas do outono

Eu quis sentir
Quis querer diferente
Mas algo quebrou dentro de mim
Algo escureceu

Naquele momento eu soube,
eu não seria sua pra sempre
E naquele momento eu soube,
talvez você já seja de outra pessoa

Seu coração, talvez não seja
Do jeito que eu pensei
E seus sentimentos, talvez,
se percam nos labirintos do desejo incontido

Não sei, não saberei.
Procuro uma verdade muda
Surda dentro do meu silêncio
Busco em mim algo pra lembrar

Perco em ti o que quero esquecer
Tento achar a verdade muda
Pálida, desse passado
Lutando, buscando em mim,
apenas algo pra lembrar."

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Sadnes of a broken heart


"Quando eu te conheci, esses foram os dias de furor em que tudo abundava.

Pássaros enchiam o céu e uma grande bondade invadia-nos.

O futuro parecia cintilante.

O presente era muito, muito bom.

Eu não estava tentando destruir a sua vida.

Estava tentando melhorar a minha.

Queríamos partilhar tudo.

Especialmente os melhores momentos.

"- Quero estar contigo pra sempre."

E eu não queria?"

(soo truth...)

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Dez coisas que eu odeio em você

Odeio quando você desvia de um assunto com outro que não tem nada a ver;

Odeio quando a gente se desentende;

Odeio quando sua falta de atenção se sobrepõe às outras coisas;

Odeio quando você diz uma coisa e faz outra;

Odeio quando você desperta ciúmes em mim, mesmo sem saber;

Odeio quando se atrasa;

Odeio quando você se faz de desentendida;

Odeio quando me deixa insegura;

Odeio quando você fala dela e acaba fazendo com que eu me afaste de você;

E odeio mais ainda o fato de não conseguir te odiar...

domingo, 1 de novembro de 2009

Um oceano de agradecimentos

Porque toda vez que eu preciso de sábias palavras, toda vez que o desespero bate em minha porta é a ti que eu procuro. Leio você e então volto a perceber que tudo é passageiro, transitório e que apesar de complexo, triste e solitário, tudo é belo em sua essência.

Porque suas palavras são meu melhor amigo nas horas difíceis, os melhores que pude encontrar, que me levam da loucura à sanidade e do tédio ao encantamento outra vez.

Ao eterno poeta Caio Fernando Abreu, que consegue codificar em palavras meus sentimentos em ocasiões tão diversas.

Trecho de hoje: "Joguei sobre você tantos medos, tanta coisa travada, tanto medo de rejeição, tanta dor. Difícil explicar. Muitas coisas duras por dentro."

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Fases da vida


Existem fases na vida...
Que fazer poemas ficam bobos, que ser solteira fica chato, que morar com os pais se torna um problema.
Existem certas fases na vida...
Que arrumar um emprego é prioridade, que todo dia é uma novidade, que os amigos são o melhor remédio e que qualquer ressaca se cura com uma nova noite de farra.
Existem fazes na vida...
Que viver parece uma aventura, que muito não é o bastante e que rir é o melhor remédio para os problemas.
Existem muitas e muitas fases na vida, algumas boas, outras nem tanto;
Mas o que importa é que nesse redemoinho de fases e metamorfóses.
Conhecemos um pouco mais de nós mesmos e no final das contas;
Descobrimos que o bom mesmo de tudo isso,
É viver.